terça-feira, 19 de agosto de 2014

Jovens que agrediram doméstica no Rio terão de pagar R$ 500 mil à vítima

Sentença é da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio.
Doméstica foi agredida enquanto aguardava o ônibus na Barra, em 2007.

Cinco jovens de classe média alta que agrediram a empregada doméstica Sirlei Dias, em 2007, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, foram condenados a pagar uma indenização de R$ 500 mil por danos morais. A decisão é da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, como antecipou o colunista Ancelmo Gois, do Globo.
Sirlei foi atacada e roubada enquanto aguardava o ônibus em um ponto. Em juízo, os agressores disseram que a confundiram com uma prostituta. Todos foram condenados por roubo e agressão. Até a última atualização desta reportagem, não tinha conseguido contato com a defesa dos condenados.
Prisão
Em 2008, os cinco jovens já haviam sido condenados por roubar e agredir a doméstica. Dois deles pegaram seis anos de reclusão em regime inicial semiaberto enquanto outro foi condenado a seis anos e oito meses de reclusão em regime inicial semiaberto.
Um dos garotos, que tinha antecedente criminal (roubo com emprego de arma de fogo), foi condenado a sete anos e quatro meses de reclusão em regime inicial fechado. O quinto acusado, que também respondia a outro processo, foi condenado a seis anos e oito meses de reclusão em regime inicialmente fechado.
Os cinco eram moradores de condomínios de luxo na Barra. Além de espancar Sirlei, eles roubaram um celular e R$ 47 em um ponto de ônibus na Avenida Lúcio Costa, na orla. A vítima reconheceu quatro agressores por meio de fotos. O outro seria o dono do carro que transportava os jovens.


fonte: G1