sexta-feira, 3 de maio de 2013


 Exército treina militares que atuarão no DF durante a Copa das Confederações


Brasília - Os militares que participam da Operação Planalto 6 fizeram hoje (3) uma simulação de desobstrução de vias e controle de distúrbios no futuro Centro de Treinamento da Seleção Brasileira, na Academia do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, Setor Policial Sul. O exercício começou às 15h e contou com a participação de tropas dos estados de Goiás, do Tocantins, de Minas Gerais e do próprio Distrito Federal.
De acordo com o general Gerson Menandro de Freitas, comandante militar do Planalto, o foco principal nesse tipo de ação é a negociação: “O uso da força aumenta gradativamente conforme haja necessidade”, explicou. Durante o exercício, foram utilizados apenas armamentos não letais, como balas de borracha, cassetete e spray de pimenta, os mesmos que são utilizados em uma situação real, de maneira que não cause danos permanentes aos manifestantes.
A operação tem como objetivo treinar os militares que atuarão na Copa das Confederações em junho e na Copa do Mundo de 2014. Cerca de 3 mil militares, além de 200 viaturas blindadas e mecanizadas, cães e um grupamento a cavalo estão sendo empregados na atividade, que começou no dia 29 de abril e termina amanhã (4).
No domingo (5), os participantes farão uma apresentação para o público, a partir das 10h, na Praça dos Três Poderes. A cerimônia cívica de encerramento coincide com a troca da Bandeira Nacional e terá também desfile da tropa e apresentação dos alunos do Colégio Militar de Brasília.
A Operação Planalto é uma parceria do Comando Militar do Planalto com a Marinha do Brasil e a Força Aérea Brasileira. Durante o treinamento, os militares participam de diversas ações de patrulhamento ostensivo, de ponto de bloqueio em vias urbanas, de exercícios de proteção de estruturas estratégicas, de controle de distúrbios e de proteção contra agentes químicos, biológicos, radiológicos e nucleares.
fonte: Agência Brasil